domingo, 7 de agosto de 2016

Diário de Viagem - Gramado - Dia 1

Enrolei pra fazer esse post. Foquei no TCC, para tentar superar a saudade desse lugar maravilhoso.
Pela primeira vez, senti vontade de morar fora de São Paulo. Estou apaixonada pelo frio, pela cidade, e toda vez que lembro de algum detalhe, tenho vontade de chorar. Prometo que serei forte.
Exatamente um mês atrás, nesse horário, eu e o Victor estávamos chegando em Gramado. Foram 2 horas de ônibus do Aeroporto de Porto Alegre até a nossa pousada.
Ficamos hospedados na Pousada Rosa, bem aconchegante, com café da manhã variado e gostosinho. Vimos que a distância até o centro era de 2km, então decidimos andar, como fizemos em Campos do Jordão no ano passado. A diferença? Em Gramado, era só subida!
Passamos pelo lago Joaquina Rita Bier (SEMPRE vejam se realmente copiaram as fotos antes de excluir do cartão de memórias. Tiramos algumas fotos bem lindinhas nesse lugar, mas perdemos por não checar na hora de passar para o computador), e acabamos chegando no Ristorante Florence, que eu já tinha comprado através do Peixe Urbano. Essa foi a viagem da pesquisa e dos cupons! Haha
A entrada de polenta com queijo é maravilhosa. Comemos em outros lugares, mas nenhuma se compara a essa! Os pratos de lá servem duas pessoas - eu e o Victor comemos bem, e mesmo assim sobrou -  e o nosso escolhido era o Talharim à Bracciola. O atendimento foi ótimo, e a massa lembrava a da minha mãe: deliciosa ♥
Ao lado da Igreja Matriz São Pedro, tem a Fonte do Amor Eterno. Sim, as lojinhas na galeria em frente vendem o cadeado com coraçãozinho e tem um lugar pra poder gravar o cadeado. O lugar é bem fofinho!
Demos mais uma voltinha pela cidade, até chegar no horário descente para a "janta". Essa é a mesa do Torre Café Colonial, que nós não tivemos estômago suficiente para comer haha Depois disso, só nos restou rolar para pegar um táxi e voltar para a pousada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário