domingo, 15 de abril de 2018

Continuo querendo escrever sobre você.


Já que é para me afundar em algo, mergulho com forças naquelas palavras.

Sempre tive essa péssima mania de me apegar e deixa-las guardadas em algum canto. 

Tudo isso para ter onde repousar quando precisasse.

O estomago revira.

A verdade é que isso me faz transbordar.  

E nem mesmo as palavras tem o poder de enxugar isso.

3 comentários: